Governo revela quem poderá parcelar dívidas no programa Desenrola Brasil

O governo federal anunciou hoje uma importante expansão nos benefícios do programa de renegociação de dívidas, Desenrola Brasil. Agora, os usuários com conta nível bronze na plataforma gov.br terão a possibilidade de parcelar suas dívidas diretamente no site do Desenrola Brasil. Anteriormente, essa categoria apenas visualizava débitos e propostas de negociação, sendo obrigada a quitar o valor integral de forma imediata.

A mudança, publicada no Diário Oficial da União, busca democratizar o acesso aos benefícios do programa, oferecendo descontos que podem ultrapassar 90% no valor da dívida e a opção de parcelamento em até 60 meses sem entrada. A decisão tem validade imediata e já está disponível para os usuários da plataforma.

Inovação no programa

Outra inovação nas regras é a autorização para acessar o Desenrola Brasil a partir de sites e aplicativos familiares aos cidadãos, como bancos e portais de renegociação. 

Após a integração, usuários que navegam em canais parceiros poderão ser redirecionados para a plataforma do programa quando logados.

Desde o lançamento do Desenrola Brasil, cerca de 11,5 milhões de consumidores aproveitaram suas vantagens, totalizando mais de R$ 34 bilhões em dívidas negociadas. 

Os descontos oferecidos podem chegar a expressivos 96%, e o prazo para aproveitar essas condições especiais se estende até 31 de março, com uma média de abatimento de 83%.

As negociações permanecem disponíveis exclusivamente para o público da Faixa 1, composta por pessoas com renda de até dois salários mínimos ou inscritas no CadÚnico. 

É necessário que a dívida seja de até R$ 20 mil e tenha sido negativada entre janeiro de 2019 e dezembro de 2022.

Como funciona o sistema?

O sistema abrange tanto débitos bancários (cartão de crédito, empréstimos, etc.) quanto não bancários (energia, água, telefonia, entre outros). Alexandre Ferreira, coordenador-geral de Economia e Legislação do Ministério da Fazenda, destaca que a flexibilidade do programa permite a renegociação de múltiplas dívidas em uma única transação, seja à vista em um boleto ou PIX, ou financiando o valor total a prazo no banco de preferência.

Com a inclusão de usuários com perfil bronze no gov.br, aproximadamente 13 milhões de pessoas agora terão acesso facilitado ao parcelamento de suas dívidas. O processo será realizado através do assinador digital fornecido pela entidade operadora do programa.

Importante ressaltar que, segundo Alexandre Ferreira, renegociar os valores pelo site do Desenrola não impacta a elegibilidade do cidadão para benefícios sociais, como o Bolsa Família

Desmentindo boatos que circularam nas redes, essa informação foi confirmada como falsa, garantindo que o programa visa oferecer uma solução financeira sem prejudicar a participação em programas sociais.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.