INSS paga auxílio-acidente durante quanto tempo?

O auxílio-acidente, é um benefício previdenciário destinado a trabalhadores que enfrentaram acidentes ou desenvolveram doenças que reduziram permanentemente sua capacidade laborativa. Esta compensação visa oferecer suporte financeiro àqueles cuja habilidade de trabalho foi afetada, seja por um acidente no ambiente profissional ou por enfermidades não relacionadas diretamente ao trabalho.

Para ser elegível ao auxílio-acidente, o trabalhador deve atender a critérios específicos estabelecidos pelo INSS. É essencial comprovar a redução da capacidade de trabalho por meio de atestados e laudos médicos, além de estar em dia com as contribuições ao INSS ou enquadrar-se no período de graça, que varia de três meses a três anos.

O valor desse benefício é calculado considerando metade da média de todos os salários de contribuição do trabalhador desde julho de 1994. Diferentemente de outros benefícios previdenciários, o auxílio-acidente não possui um valor mínimo definido, variando conforme as contribuições realizadas ao longo do tempo.

O auxílio-acidente não pode ser acumulado com outros benefícios, como auxílio-doença e aposentadoria. No entanto, é permitido acumulá-lo com a pensão por morte e o seguro-desemprego, proporcionando um suporte adicional aos beneficiários.

Quanto à duração do benefício, o INSS interrompe o pagamento do auxílio-acidente em três circunstâncias específicas: melhora da condição do trabalhador, aposentadoria ou falecimento do segurado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.