Prédio de SC que pode cair tem apartamentos de R$ 4 milhões

No dia 15 de janeiro, o prédio Morada do Norte, localizado no segundo bairro com o metro quadrado mais caro de Florianópolis, desabou, levando à evacuação do edifício devido ao risco iminente de desmoronamento. Surpreendentemente, unidades do mesmo prédio estão à venda por valores expressivos, chegando a até R$ 4.271.000.

O anúncio online, disponível em um site especializado em venda e aluguel de imóveis, refere-se a um apartamento de 262 metros quadrados, que oferece luxuosas comodidades, incluindo três suítes, uma delas equipada com hidromassagem e closet. 

A sala de estar conta com adega, lareira e integração com jacuzzi, proporcionando uma vista panorâmica da Beira-Mar Norte. 

Além disso, o imóvel dispõe de sala de TV, cozinha com copa e área de serviço. O valor mensal do condomínio para esse apartamento específico é estipulado em R$ 2.400.

Entenda mais sobre a situação

Construído há 42 anos, o edifício possui 12 andares e 25 apartamentos, sendo que dois deles não estão ocupados atualmente. Em comparação com o último relatório do índice FipeZap, referente a dezembro de 2023, o preço médio do metro quadrado em Florianópolis atinge a marca de R$ 10.786.

O incidente que resultou no colapso do prédio ocorreu devido ao rompimento de uma viga da estrutura do edifício, conforme informações da Defesa Civil da Capital. 

O imóvel, situado na Travessa Abílio de Oliveira, estava passando por reformas no momento do ocorrido. A evacuação emergencial foi necessária para preservar a segurança dos ocupantes.

A Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros de Santa Catarina foram mobilizados para atender à ocorrência. O edifício foi totalmente interditado no início da noite de segunda-feira, dadas as preocupações com o risco de desmoronamento. 

As equipes no local estão atualmente empenhadas no processo de escoramento, uma ação emergencial destinada a evitar o colapso iminente da estrutura.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.